3 - 6 anos

Genética influencia a obesidade em crianças, mas pode ser evitada!

7 de abr de 2018

Alimentação saudável e menos horas em frente ao computador são fatores que ajudam no combate à doença

Um estudo publicado na revista Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine comprovou a relação existente entre a genética e o peso dos jovens.more Segundo a pesquisa, crianças com mais fatores de risco nos genes tiveram de 1,6 a 2,4 vezes mais chances de serem obesas na idade adulta, em comparação com crianças com baixo risco genético de obesidade. Além disso, foi constatado que os indivíduos com maior propensão a diabetes crescem com maior rapidez durante a infância e começam a ganhar peso mais cedo. Segundo Fabiano Sandrini, endocrinologista do Laboratório Frischmann Aisengart, o risco para obtensão de diabetes com estes pré-requisitos é maior, porém, pode ser contido. “Ter um risco genético não significa que se tornarão obesos”, explica o especialista. Passar horas sentada em frente a eletrônicos pode propiciar o aumento do peso, prejudicar o coração, os níveis de aptidão do pulmão e também reduzir a capacidade respiratória da criança, segundo uma outra pesquisa, esta publicada na revista Medicine & Science in Sports & Exercise. Sandrini conta que certos hábitos como desligar a TV ao comer, estabelecer horários para o uso do computador e manter os jovens em atividades pode aumentar a qualidade da saúde. “Manter uma alimentação regular e saudável, sem forçar a criança a comer, e fazer com que ela tenha uma hora de lazer desligada da televisão e do computador, por exemplo, são atitudes que influenciam no futuro do jovem”, relata o endocrinologista. “Não adianta pressioná-los a comerem verduras e vegetais. Tem que fazê-los gostar, assim como dedicar o tempo de lazer sem deixá-los sentados no sofá. Mudanças diárias ajudam a criança a eliminar os riscos genéticos. Basta querer”, finaliza.   Sobre o Laboratório Frischmann Aisengart O Laboratório Frischmann Aisengart tem 67 anos e é considerado uma referência para o segmento de medicina diagnóstica na região. Com forte presença nas áreas hospitalar e ambulatorial é o líder de mercado  na capital e Região Metropolitana. Possui mais de 600 colaboradores e 46 unidades. São mais de três mil tipos de exames de análises clínicas que contemplam serviços e soluções diferenciados com qualidade, rapidez e alto padrão de atendimento, como a coleta domiciliar e vacinas. Para mais informações: www.labfa.com.br ou (41) 4004-0103.   more Parceiros da Revista: - A Papira Gráfica Online, parceira a 04 anos da Revista, faz toda impressão das edições e distribuição para todo o Brasil de nossos exemplares. Na área gráfica, a Papira é destaque na venda de cartão de visita, flyers, panfletos, folhetos, cadernos personalizados e materiais gráficos em geral. Tags: cartão de visita, cartao de visita, panfletos, folhetos, flyers, gráfica online, grafica online, cadernos
Artigo anterior

Entrevista do Blog Aprendizagem Humana.

Artigo seguinte

Estudo aponta que bebês que nascem de cesariana têm maior risco de obesidade