0 - 3 anos Notícias

O bebê começou a engatinhar! É preciso tomar alguns cuidados.

10 de jul de 2018

O bebê começou a engatinhar!

É preciso tomar alguns cuidados.

bebe Em média, os bebês começam a engatinhar com sete ou oito meses. Uma vez que saiba engatinhar, ele também passa a se segurar em algo para se apoiar e ficar em pé. A partir deste momento, passam a serem acessíveis superfícies e móveis, que antes estavam fora de alcance. A atenção deve ser dobrada. Esta fase de rastejar pelo chão pode trazer alguns problemas, que se devidos cuidados forem tomados, podem trazer muita alegria e descoberta ao pequeno! Seu bebê pode se deslocar de um lado para outro em um piscar de olhos. É muito importante que a casa esteja adaptada para a segurança do pequeno, que irá desbravar cada lugar com curiosidade, além dos cuidados para que não se machuque e sua pele seja protegida, pois apesar de resistente, é muito sensível e delicada e exige total atenção das mamães. Quando o bebê engatinha, suas mãos e joelhos (partes que mais entram em contato com o chão) ficam mais ressecados e às vezes podem aparecer alergias. É importante passar um hidratante nas partes mais ressecadas. O produto deve ser recomendado pelo pediatra. A higiene do chão do deve realizada diariamente. Quanto aos produtos de limpeza, é recomendável dar preferência para os que não exalam odores fortes. Não utilize inseticidas, mesmo os de tomada. As roupas da criança devem ser mais leves e adequadas. Calças com acolchoados ao nível dos joelhos e também meias com antiderrapantes, podem evitar ferimentos e escoriações. A prevenção contra acidentes dentro de casa é de fundamental importância. Algumas dicas: Mantenha alimentos quentes longe da borda de mesas e pias, vire os cabos das panelas para dentro do fogão; Certifique-se que móveis altos e pesados estão bem fixos e firmes; Coloque portõezinhos removíveis no alto de escadas; Esconda fios elétricos atrás dos móveis e tampe tomadas com protetores; Se as grades de janelas ou proteções de escadas tiverem vãos de mais de 10 centímetros, coloque telas protetoras; Tranque armários com materiais perigosos com chave ou trancas especiais; Utilize protetores de porta, de espuma ou borracha, para evitar que o pequeno prenda os dedinhos; Instale redes protetoras em varandas e janelas e ao redor da piscina. Todo cuidado é pouco com o pequeno, que está descobrindo a explorar o mundo!   more Parceiros da Revista: - A Papira Gráfica Online, parceira a 04 anos da Revista, faz toda impressão das edições e distribuição para todo o Brasil de nossos exemplares. Na área gráfica, a Papira é destaque na venda de cartão de visita, flyer, panfleto, folheto e materiais gráficos em geral.
Artigo anterior

Há diferença entre Pilates tradicional e Pilates durante a gestação?

Artigo seguinte

A importância de manter a criança hidratada.