A Importância da Avaliação Morfológica do 1º trimestre

13 de abr de 2018
Importância da Avaliação Morfológica do 1ºtrimestre  genetico Felizmente, a grande maioria das gestações transcorre de forma tranqüila. Durante o pré-natal, o obstetra realiza consultas de rotina que orientam, acalmam, previnem, e por vezes, tratam intercorrências leves da gestação. Os exames de imagem, principalmente a ultrassonografia, auxiliam o obstetra nesta condução e trazem informações importantes, além de uma grande proximidade de seus bebês ao poder “vê-los” de uma forma mais precisa. Sendo assim, podemos dizer que a imensa maioria das gestações é considerada de baixo risco, pois necessita  mais de um acompanhamento e condução do que um tratamento propriamente dito. Quanto mais cedo pudermos detectar os riscos para estes acontecimentos, maiores são as chances de podermos intervir, prevenir, tratar, ou mesmo nos preparar, através da formação de equipes multidisciplinares especializadas, para o nascimento destes bebês. O ultrassom morfológico do primeiro trimestre é considerado o exame mais detalhado deste período e constitui etapa fundamental no acompanhamento de rotina do pré-natal. Os seus principais objetivos são: Avaliação detalhada da formação inicial do bebê, determinação dos riscos das principais doenças genéticas (entre elas a Síndrome de Down) e avaliação dos riscos para o desenvolvimento do trabalho de parto prematuro e da doença hipertensiva específica da gestação (pré-eclâmpsia). Para avaliação de riscos das principais doenças genéticas serão avaliados em conjunto: a formação anatômica do bebê, a translucência nucal, a presença do osso nasal e o doppler (fluxo) em duas estruturas que são o ducto venoso e a valva tricúspide. A associação destes parâmetros com a idade da paciente, além do seu histórico genético, é capaz de detectar um grupo de maior risco para as doenças genéticas, com uma sensibilidade de mais de 90%. Para o grupo considerado de alto risco (5%), testes de diagnóstico definitivo podem ser realizados. A medida do colo uterino por via endovaginal pode identificar um grupo de maior risco para desenvolver trabalho de parto prematuro. Quanto mais cedo pudermos intervir nestas pacientes de risco, menores os riscos para o nascimento precoce. Segundo o médico especialista em medicina fetal, Dr. Cláudio Corrêa Gomes, a avaliação detalhada do primeiro trimestre traz informações fundamentais para condução da gestação.   more Parceiros da Revista: - A Papira Gráfica Online, parceira a 04 anos da Revista, faz toda impressão das edições e distribuição para todo o Brasil de nossos exemplares. Na área gráfica, a Papira é destaque na venda de cartão de visita, flyers, panfletos, folhetos e materiais gráficos em geral. Tags: cartão de visita, cartao de visita, panfletos, folhetos, flyers, gráfica online, grafica online